Saúde

Você sabe quem são os Biohackers?

Biohackers são indivíduos que tem por objetivo ‘hackear‘ o próprio organismo a partir de dados obtidos das técnicas médicas, nutricionais e eletrônicas para otimizar e melhorar o perfil biológico, além do desempenho físico e mental.

O biohacking é dividido em duas categorias: Abordagem não interventiva, cujo método é o uso de elementos externos para melhorar a sua performance, que será abordada nesse primeiro post. Já a abordagem interventiva, é a prática de melhorar o próprio corpo com o uso de implantes para o melhoramento da capacidade.

Os Biohackers são pessoas comuns que aplicam tal técnica para melhorar seus corpos usando dispositivos cibernéticos para gravação de dados biométricos. Eles tentam encontrar maneiras de perder peso sem exercitar, ganhar massa muscular rapidamente, lutar contra insônia e prevenir lesões a partir do melhoramento de resistência.

O método de hackear, ou seja, conhecer e modificar os aspectos mais internos extrapolam os limites do funcionamento “normal”; permitindo assim o contorno das barreiras que supostamente deveriam impedir o controle de certos sistemas e dados.

Atualmente, o ato de hackear  está extrapolando os limites informática da informática e invadindo as áreas científicas que, até então, estavam restritas a universidades e centros de pesquisas, devido ao alto custo de seus métodos e equipamentos.

O objetivo do Biohacking é o avanço metabólico em vários aspectos a partir de hábitos e alimentação para otimização do corpo e mente, além do melhoramento do desempenho físico e mental

Formas de ‘hackear’ seu organismo:

#1 – Melhore sua postura

Por ser um dos maiores problemas atuais , há a preocupação do cuidado da coluna. É provável que você, ao ler este texto, esteja sentado de mal jeito em uma cadeira ou em frente ao computador com o ombro e a cabeça inclinados para a frente, com uma de suas mãos apoiando o rosto, ou até mesmo na cama ou sofá olhando para uma tela de smartphone esticando o pescoço para baixo.

Sabemos que tal conduta é péssima, pois manter uma postura incorreta causa muitos danos físicos, atrofias, lesões crônicas, dores nas articulações e musculares no futuro.

Como ‘hackear’ seu corpo para melhorar isso?

  1. Não deixe as pernas cruzadas, deixe-as livres e brevemente afastadas
  2. Mantenha as costas eretas, mantendo a curvatura normal da coluna
  3. Posicione os ombros levemente para trás
  4. Deixe os braços pendidos ao longo do corpo ou com os antebraços apoiados na mesa de trabalho
  5. Evite ao máximo ter que baixar a cabeça para ler ou escrever em um computador, mantenha o olhar para frente o máximo possível

#2 – Melhore a sua nutrição

A nutrição também é algo que pode ser melhorado, segundo os biohackers, apesar de ser um pouco mais difícil para as mudanças necessárias serem implantadas.

Coisas que devem ser lembradas na sua dieta:

 Elimine açúcar, glúten, aditivos sintéticos, colorantes e aromas artificiais

✓ Elimine os doces

 Reduza o sal (cloreto de sódio)

 Elimine grãos, óleos derivados de grãos e vegetais, gorduras saturadas e trans

 Elimine legumes, incluindo amendoim, feijão e lentilhas

 Coma carne alimentada com pastagem selvagem

 Consuma ovos caipiras ou de patas, carne de porco, galinhas, perus e peixes

 Mude para o consume de frutas e vegetais orgânicos. 1/2 porções por dia está ótimo

 Cozinhe os alimentos ao ponto (ou melhor ainda, quase ao ponto)

 Tente manter uma dieta de 50% a 80% de gordura boa

 Tente manter o consume de carboidratos entre 5% a 30% de carboidratos

 Alimente-se de 10% a 30% de proteína sempre que puder

#3 – Restaure seu corpo e conecte com a natureza

Para ‘restartar’ ao modo mais natural possível, são necessários os seguintes hábitos:

  1. Coma alimentos saudáveis, o mais orgânico e selvagem possível
  2. Beba água de minas ou fontes, na forma natural, sem ser processada
  3. Respire o ar da natureza, realize passeios e viagens na natureza
  4. Viaje para fora, não tenha medo de sair para natureza
  5. Medite sempre

#4 – Mude sua rotina

Para que haja humanos mais fortes, expectativas elevadas, e maiores níveis de tolerância, é necessário que haja uma formatação da rotina, para isso é necessário:

― Tome um banho frio

― Fique um dia ou dois dias para a desintoxicação tecnológica, ou seja, sem utilizar nenhum aparelho eletrônico

― Demonstre gratidão

― Faça um sacrifício por alguém, doe seu tempo ou algo que te custe

― Faça a terapia de rejeição, um “jogo de auto-ajuda social”, onde seu objetivo é ser rejeitado por outras pessoas para no final criar estresse e confiança

#5 – Como se tornar um humano melhor:

Aqui estão algumas das dicas e truques mais populares:

― Comece um diário de gratidão. Nele você pode listar três coisas que você está grato por estar vivo

― Escreva uma carta de no mínimo 300 palavras para alguém importante para você, leia-a para ela em voz alta ou leve-a para tomar um café ou chá

― Tenha Fé, sem ela é impossível acreditar que sua “caminhada terá um final feliz”

― Onde quer que esteja sinta-se grato por tudo o que tem, sinta, veja, ouça e experimente

― Esqueça seus preconceitos e conceitos pré estabelecidos sobre as coisas

― Encontre sua verdade e a verdade que liberta criada pelo maior Ser do universo para você

“Esta parte não tem nada a haver com tecnologia ou implantes no corpo, Biohacking não é somente isto como alguns tentam pregar por ai. Prova disto é o nosso conteúdo voltado para o ser humano que deseja ser evoluído de dentro para fora e também de fora para dentro, mas não com o uso invasivo de tecnologia. Isso é o que é Biohacking = Você precisa testar o que funciona melhor para a sua própria biologia e fisiologia.” Moren, 2017.

IMPORTANTE:

Nós, do Biologia para Biólogos, não induzimos a nenhuma prática mencionada acima, sendo de total responsabilidade do leitor, a adoção ou não desta prática, o objetivo é apenas a divulgação da informação para que haja um debate e reflexão sobre o assunto.


Referências:

Asprey, D. A Beginner’s Guide to Biohacking. Disponível em: https://blog.bulletproof.com/beginners-guide-to-biohacking-101/. Acesso em: 19 de dezembro de 2017.

More, M. Guia Biohacking para Iniciantes. Disponível em: www.biohackinglife.com.br/guia-biohacking/. Acesso em: 19 de dezembro de 2017.

Sobre o Autor

Johnathan de Andrade Vieira

Mestrando em Genética pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - Campus Ribeirão Preto (FMRP/USP) e Biólogo graduado pela Universidade Estadual de Goiás (UEG). Experiência em Mutagênese Ambiental, Citogenética, Oncogenética e Biologia Molecular. É uma honra estar com todos vocês e participar do processo de conhecimento fornecido no Biologia para Biólogos. Saudações e um grande abraço!